05/07/2013 - Tecniflora no Programa Natureza Viva

A bióloga Juliana Martins foi entrevista pelo Programa Natureza Viva, durante a Ação Ambiental da Semana do Meio Ambiente de Caxias do Sul. O assunto tratado foi sobre os levantamentos de fauna dentro do licenciamento ambiental de empreendimentos.

 


30/07/2012 - Licenciamento da silvicultura

O licenciamento ambiental é um instrumento de prevenção de danos ambientais que possam ser causados por empreendimentos potencialmente poluidores. O licenciamento enquadra os empreendimentos na legislação ambiental vigente e busca eliminar ou reduzir os impactos ambientais negativos resultantes da atividade.

Todas as propriedades que possuem plantios comerciais de Pinus e Eucalyptus implantados antes de junho de 2006 (PORTARIA N° 068/2006) devem obter a licença de operação junto a Fundação Estadual de Proteção Ambiental – RS (FEPAM). O prazo para o licenciamento de regularização dos plantios menores que 500 hectares é até 16 de setembro de 2012. Novos empreendimentos deverão solicitar a licença prévia.

A TECNIFLORA é uma empresa que atua há mais de 20 anos no setor florestal, principalmente na região dos Campos de Cima da Serra, sendo especializada no licenciamento da silvicultura. A equipe é composta por engenheiro florestal e biólogos, aos quais desenvolvem todos os estudos e projetos solicitados durante e após o processo de licenciamento. Entre em contato, que esclareceremos as suas dúvidas.


23/04/2012 - Curso de Botânica na Mata de Araucária

No final-de-semana dos dias 21 e 22 de abril a TECNIFLORA este participando do Curso Práticas em Botânica na Mata de Araucária, em Nova Petrópolis. A equipe está em constante busca por aperfeiçoamento profissional visando  melhorar a qualidade dos trabalhos e atender melhor  os seus clientes.


28/03/2012 - Projetos de Reserva Legais aceitos

Hoje a TECNIFLORA recebeu da SEMA/DEFAP cinco TERMOS DE DECLARAÇÃO PARA AVERBAÇÃO DE ÁREA DE RESERVA LEGAL de seus clientes. São propriedades que terão suas reservas legais implantadas, de acordo com as exigências da legislação ambiental vigente.


23/03/2012 - Tecniflora no Programa Rede de Olhares - UCS TV

Hoje, às 18h30min, a TECNIFLORA estará participando do programa Rede de Olhares da UCS TV. O assunto a ser tratado será sobre as mudanças climáticas e a responsabilidade individual.

 

 

 


18/12/2011 - XIV Congresso Brasileiro de Primatologia

A bióloga Juliana Martins participou do XIV Congresso Brasileiro de Primatologia, de 13 a 18 de dezembro, em Curitiba/ PR. No evento foi realizado o lançamento do livro A Primatologia no Brasil 12, onde foi publicado o artigo “Área de vida e dinâmica do uso do espaço por um grupo de Alouatta guariba clamitans Cabrera, 1940 (Primates, Atelidae), num fragmento de mata com espécies alóctones na Serra Gaúcha”. Esta pesquisa foi desenvolvida em 2008, com o apoio da empresa Tecniflora.


12/12/2011 - Tecniflora no III Simpósio de Biodiversidade

A Tecniflora esteve presente no III Simpósio de Biodiversidade, realizado em Santa Maria, RS, durante o período de 05 a 08 de dezembro de 2011. A bióloga Juliana Nascimento Martins apresentou um pôster sobre a pesquisa realizada com mamíferos de médio e grande porte, na região dos Campos de Cima da Serra, em propriedades que desenvolvem a atividade de silvicultura.


09/12/2011 - Entrevista para o Natureza Viva

À convite do Projeto Natureza Viva (http://projetonaturezaviva.blogspot.com), de Caxias do Sul, a bióloga Juliana Martins concedeu uma entrevista sobre o tema Silvicultura, que foi apresentada no dia 09 de dezembro, às 20h, no Canal 20 da Net.

 


30/10/2011 - Tecniflora participa de curso sobre vegetação campestre

Durante os dias 28 a 30 de outubro, biólogo Cassiano Alves Marchett participou do curso “Vegetação campestre dos morros de Porto Alegre”, com carga horária de 24 horas, realizado pelo Instituto Econsciência e o grupo Práticas em Botânica.


18/10/2011 - Palestra sobre primatas em agroecossistemas

A bióloga Juliana Martins proferiu uma palestra para estudantes de graduação, na SEMANA ACADÊMICA DE BIOLOGIA UCS 2011, à convite do Diretório Acadêmico de Biologia (Gestão Biofilia). O tema abordado foi  primatas utilizando ambientes alterados e áreas agrícolas.


24/09/2011 - Atividade de educação ambiental para escoteiros do Grupo Moacara

À convite do chefe Cassiano Marchett, do Grupo  Escoteiro Moacara, a bióloga Juliana Martins desenvolveu uma atividade de educação ambiental sobre mamíferos para um grupo de 10 escoteiros. A atividade também contou com a partipação do ornitólogo Cristian M. Joenck e o estudante de biologia Maurício Bettio, que abordaram a temática das aves.

Foi realizada uma parte teórica na sede do Moacara, com posterior visitação à mata nativa da Fundação Estadual de Pesquisa Agropecuária (FEPAGRO), situada em Fazenda Souza, Caxias do Sul.

Durante a saída a campo os escoteiros puderam observar um grupo de bugios-ruivo, composto por três indivíduos, bem como várias espécies de aves, tais como joão-de-barro, maçarico, papagaio-charão, gralha-azul, pica-paus, arapaçus, dentre outras espécies de hábitos florestais.


16/08/2011 - Palestra sobre Silvicultura Sustentável

A bióloga Juliana Martins proferiu no dia 16/08  palestra sobre o tema “Silvicultura Sustentável”, para alunos do curso técnico em Meio Ambiente, no Mutirão Escola Técnica, em Caxias do Sul, RS.

A palestra tratou principalmente sobre o licenciamento da silvicutura, que visa adequar os plantios de espécies exóticas, tanto antigos quanto os novos, à legislação ambiental vigente e ao Zoneamento Ambiental da Silvicultura (ZAS), tornando a silvicultura uma atividade econômica mais sustentável.


05/05/2011 - Tecniflora na 3º Feira da Floresta - Gramado, RS

 

Nova Imagem

A TECNIFLORA esteve visitando no dia 05 de maio a 3ª FEIRA DA FLORESTA, em Gramado, RS. Além da oportunidade de fazer parcerias e conhecer novos fornecedores de equipamentos voltados ao setor florestal, o evento contou com palestras abordando temas como "Bacia-escola", "A vespa-da-madeira" e "Novos produtos para o exterior", inseridas dentro do Encontro de Produtores de Pinus do Sul do Brasil.

Mais informações sobre o evento no nosso blog: http://www.tecniflora.blogspot.com/


01/05/2011 - Tecniflora adquire armadilhas fotográficas digitais

Com o intuito de aperfeiçoar os serviços executados pela empresa, a Tecniflora adquiriu no primeiro trimestre de 2011 duas armadilhas fotográficas digitais para levantamentos e monitoramentos de fauna.

O sistema fotográfico automático consiste de uma câmera fotográfica digital acoplada a um sistema disparador com sensor de raios infravermelhos, capazes de detectar calor corporal irradiado e movimentos.

A Tecniflora espera colaborar com  o conhecimento científico da fauna dos Campos de Cima da Serra, além de incrementar  os registros realizados em estudos faunísticos inseridos em licenciamentos ambientais.


15/04/2011 - Obtenção de licenças de operação da silvicultura

As empresas Voges Metalurgia Ltda. e Servibras Serviços e Veículos Brasileiros Ltda., assessoradas pela Tecniflora, estão com seus plantios regularizados junto a FEPAM/RS.

A partir da obtenção da licença de operação iniciam-se as etapas de Restauração de Áreas Degradadas, controle da vespa-da-madeira, controle de invasoras, capacitação ambiental dos envolvidos no manejo da silvicultura, dentre outros.


2011- Ano Internacional das Florestas

As florestas cobrem 31% de toda a área terrestre do planeta e têm responsabilidade direta na garantia da sobrevivência de 1,6 bilhões de pessoas e de 80% da biodiversidade terrestre. Pela importância que têm para o planeta, elas merecem ser mais preservadas e valorizadas e, por isso, a ONU declarou que 2011 será o Ano Internacional das Florestas.

Segundo dados do Pnuma – Programa das Nações  Unidas para o Meio Ambiente, as florestas representam 31% da cobertura terrestre do planeta, servindo de abrigo para 300 milhões de pessoas de todo o mundo e, ainda, garantindo, de forma direta, a sobrevivência de 1,6 bilhões de seres  humanos e 80% da biodiversidade terrestre. Em pé, as florestas são capazes de movimentar cerca de $ 327 bilhões todos os anos, mas infelizmente as atividades que se baseiam na derrubada das matas ainda são bastante comuns em todo o mundo.

Para sensibilizar a sociedade para a importância da preservação das florestas para a garantia da vida no planeta, a ONU – Organização das Nações Unidas declarou que 2011 será, oficialmente, o Ano Internacional das Florestas.

A ideia é promover durante os próximos 12 meses ações que incentivem a conservação e a gestão sustentável de todos os tipos de floresta do planeta, mostrando a todos que a exploração das matas sem um manejo sustentável pode causar uma série de prejuízos para o planeta. Entre eles: ano das florestas

– a perda da biodiversidade;

– o agravamento das mudanças climáticas;

– o incentivo a atividades econômicas ilegais, como a caça de animais;

– o estímulo a assentamentos clandestinos e

– a ameaça à própria vida humana.

 

Para saber a respeito dos eventos que serão realizados durante 2011, em homenagem ao Ano Internacional das Florestas, acesse o site oficial da iniciativa. No portal, ainda é possível divulgar as ações que você pretende promover nos próximos 12 meses em homenagem à causa.

 

Fonte: Planeta Sustentável (14/12/2010)


23/07/2010 - Planejando a propriedade rural

planejando_a_propriedade_apremavi

Fonte: APREMAVI (http://www.apremavi.org.br/)


05/07/2010 - As alterações propostas para o Código Florestal.

Codigo_Florestal_Correio_Braziliensejun2010

Fonte: Correio Brasiliense. 21/06/2010.


01/07/2010 - Prazos para o Licenciamento da Silvicultura  e Averbação da Reserva Legal

folder_tecniflora


08/06/2010 - Mensão Honrosa no Clic Ambiental 2010

 

A bióloga Juliana Nascimento Martins teve sua foto premiada como Mensão Honrosa, no IV Clic Ambiental da Prefeitura de Caxias do Sul, evento organizado pela Secretaria Municipal do Meio Ambiente (SEMMA), durante a Semana do Meio Ambiente

Este ano, o tema do concurso foi "Nos Trilhos da história, as revelações da natureza" em comemoração aos 100 anos da cidade de Caxias do Sul e da chegada do trem, aos 120 anos de emancipação política do município e aos 135 anos da chegada dos primeiros imigrantes.

A Obra premiada entitula-se “Só os mais aptos sobrevivem” e retrata um bugio-ruivo em um exemplar de pínus (Pinus sp.). A fotografia foi obtida no Distrito de Fazenda Souza, Caxias do Sul, RS.

clic ambiental


25/09/09 - Registro de águia-chilena (Buteo melanoleucus) em Caxias do Sul e Bom Jesus, RS.

 

Durante trabalho de campo na encosta do Rio das Antas, no Distrito de Criúva, em Caxias do Sul, RS, a bióloga Juliana Nascimento Martins avistou um indivíduo de águia-chilena (Buteo melanoleucus). O registro ocorreu no dia 28 de agosto, perto das 17 horas. Esta espécie está na lista da fauna ameaçada de extinção no Rio Grande do Sul na categoria Vulnerável.

 

Outro indivíduo da espécie foi avistado em Bom Jesus, RS, no dia 24 de setembro. A ave estava sobrevoando um capão de mata perto das 11 horas da manhã.

 

aguia chilena

Figura 1. Indivíduo de águia-chilena (Buteo melanoleucus) fotografada em Bom Jesus, RS.

 

A águia-chilena é uma ave de rapina de grande porte, que pode medir até 2 metros de envergadura, de ocorrência incomum ao longo de sua distribuição geográfica, que, no Brasil, vai do Maranhão até o Rio Grande do Sul (Bencke et al, 2003).
 

 

Referência bibliográfica:
Bencke, G. A., C. S. Fontana; R. A. Dias; G. N. Maurício e J. K. F. Mähler, Jr. (2003) Aves, p. 189-479. Em: Fontana,C. S.; G. A. Bencke e R. E. Reis (2003) Livro vermelho da fauna ameaçada de extinção no Rio Grande do Sul. Porto Alegre: EDIPUCRS.


29/08/09 - Registro de macaco-prego (Cebus nigritus) em Caxias do Sul, RS.

 

A bióloga Juliana Nascimento Martins visualizou cerca de 5 indivíduos de macaco-prego (Cebus nigritus) no Distrito de Criúva, em Caxias do Sul, RS. Os animais se deslocavam silenciosamente por trás de algumas árvores, em uma mata na encosta do Rio das Antas, rente a uma estrada da propriedade, quando foram avistados. Em seguida os animais se esconderam, não sendo possível o acompanhamento do grupo.

macacos-prego

Figura 1. Dois indivíduos de macaco-prego (um à esquerda mais acima, atrás das folhagens e outro à direita e abaixo) registrados no Distrito de Criúva, Caxias do Sul, RS.


Esta espécie consta como Dados insuficientes (DD) no Livro Vermelho da Fauna Ameaçada de Extinção no Rio Grande do Sul. Uma espécie se encaixa nesta categoria quando não há informação suficiente para se fazer uma avaliação direta ou indireta do risco de extinção que está sujeito com base na sua distribuição e/ou situação pupulacional, mas existem fortes suspeitas de que sua situação merece maior atenção conservacionista (Fontana et al., 2003).


Referência bibliográfica:
Fontana, C. S., G. A. Bencke e R. E. Reis (2003) Livro vermelho da fauna ameaçada de extinção no Rio Grande do Sul. Porto Alegre: EDIPUCRS.

 


13/08/09 - Registros de veado-campeiro (Ozotocerus bezoarticus) em São José dos Ausentes, RS.

Juliana Nascimento Martins - Bióloga

 

A equipe da Tecniflora observou 17 indivíduos de veado-campeiro (Ozotocerus bezoarticus) no Distrito de Silveira, em São José dos Ausentes, RS. Os animais foram avistados hoje no fim da tarde, sendo um grupo composto de 6 indivíduos, outro por 10 animais e um animal foi observado sozinho. Os veados estavam se alimentando em áreas com pastagem artificial.

 

veados1_peq

 

Esta espécie está criticamente ameaçada de extinção no Estado do Rio Grande do Sul, e as principais ameaças para a espécie é a caça e a perda de hábitat.

 

veados_peq

 

 


21/07/2009 - Predação de pinus por macaco-prego

Juliana Nascimento Martins - Bióloga

 

Durante a realização de uma vistoria em uma propriedade no município de Protásio Alves, RS, próximo a Nova Prata, foi registrada a predação de Pinus taeda pelo macaco-prego Cebus nigritus (Goldfuss, 1809).

A predação, tanto em Pinus spp. como em Araucaria angustifolia, pelo macaco-prego, caracteriza-se pela retirada do súber da árvore em sua porção superior. Isto é realizado com o auxílio das patas dianteiras e dentes do animal, prejudicando a condução de nutrientes para a parte superior da planta, o que leva ao apodrecimento e posterior queda desta região. Essa predação pode levar ainda à morte da árvore ou à perda de incremento anual, devido aos danos causados (KOEHLER & FIRKOWSKI, 1996 apud CARVALHO, 2007).

 

predaçao por macaco prego

Figura 1. Descascamento do tronco de um exemplar de Pinus taeda pelo macaco-prego Cebus nigritus em Protásio Alves, RS.

 

Segundo ROCHA (2000), Cebus nigritus é uma espécie com alto poder de adaptação, e que a escassez de recursos naturais pode ser um dos fatores que está influenciando diretamente no aumento da predação em Pinus spp., o que forçaria os animais a procurarem uma nova fonte de alimento.

No Livro vermelho da fauna ameaçada de extinção no Rio Grande do Sul (FONTANA et al., 2003), Cebus nigritus consta com status indefinido por insuficiência de dados, visto que não se sabe a atual distribuição da espécie no Estado.

Além do macaco-prego, temos duas espécies de bugios no RS, o bugio-ruivo (Alouatta guariba clamitans) no nordeste do Estado e o bugio-preto (Alouatta caraya) no oeste do RS. Ambos primatas estão vulneráveis à extinção no RS, situação agravada pelas mortes por febre amarela no ano corrente.

 

Referências Bibliográficas:

FONTANA, C. S., G. A. Bencke e R. E. Reis (2003) Livro vermelho da fauna ameaçada de extinção no Rio Grande do Sul. Porto Alegre: EDIPUCRS.

CARVALHO, D. R. J. de. 2008. Predaçăo em Pinus spp. por Cebus nigritus (Goldfuss, 1809) (Primates; Cebidae) na Regiăo Nordeste do Paraná - Brasil. Dissertação de Mestrado, Universidade Federal do Paraná, Curitiba, PR.

ROCHA, V.J. 2000. Macaco-prego, como controlar esta nova praga florestal? Floresta, Curitiba, 30 (1-2): 95-99.

 

 


02/06/2009 - Foto premiada no Clic Ambiental 2009

A bióloga Juliana Nascimento Martins teve sua foto premiada no III Clic Ambiental da Prefeitura de Caxias do Sul, evento organizado pela Secretaria Municipal do Meio Ambiente (SEMMA), durante a Semana do Meio Ambiente, em junho de 2009. Este ano, o Concurso Fotográfico III Clic Ambiental teve como tema "A natureza não faz milagres, faz revelações", inspirado em Carlos Drummond de Andrade.

As imagens foram divididas em três categorias: Paisagem Natural, Artificial e Roubada. Foram premiadas 15 imagens, isto é, as cinco melhores de cada categoria.

bugio-ruivo

Categoria IMAGEM ROUBADA

1º lugar: Juliana Nascimento Martins

Obra: “Alouatta guariba clamitans bugio-ruivo” Local: Fazenda Souza – Caxias do Sul

A foto foi tirada durante o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) em Ciências Biológicas da Universidade de Caxias do Sul. O presente estudo foi realizado na Fepagro, em Fazenda Souza, durante o ano de 2008, e tinha como objetivo avaliar o uso de espécies alóctones (exóticas) pelo bugio-ruivo. Foram coletados dados de comportamento, dieta e área de vida de um grupo de três indivíduos. Durante o período do estudo, os animais puderam se habituar a presença da pesquisadora, permitindo a aproximação e convívio ao longo de dias inteiros. A foto foi registrada no mês de setembro, durante um período de alimentação, onde um indivíduo ingeria folhas novas de mamica-de-cadela (Zanthoxylum rhoifolium).

A Empresa Tecniflora fica muito feliz com a premiação da foto, principalmente pela importância da população caxiense conhecer mais a fauna no município, bem como para lembrar que os bugios são nossos parceiros na batalha contra a febre amarela e não são os responsáveis pela disseminação da doença.

Os bugios são importante disseminadores de sementes das frutas nativas que eles ingerem, atuando como "plantadores de florestas". Só oferecem benefícios para natureza e nenhum risco ao ser humano.

barra_inferior_verde

Avenida Rio Branco, 2559, sala 04 - Ana Rech - Caxias do Sul - RS -95020-420 - Fone: (054) 3533-6368

Informativos da Tecniflora

Tecniflora no Programa Natureza Viva

O licenciamento da silvicultura

Curso sobre vegetação da Mata de Araucária

Cinco reservas legais averbadas

Tecniflora no Rede de Olhares

Congresso de Primatologia

Simpósio de Biodiversidade

Entrevista para o Natureza Viva

Curso sobre vegetação campestre

Palestra na Semana Acadêmica de Biologia

Educação ambiental para Grupo Escoteiro Moacara

Palestra para alunos do curso Técnico em Meio Ambiente do Mutirão

Tecniflora na 3° Feira da Floresta 2011

Tecniflora adquire armadilhas fotográficas 

Obtenção de licenças de operação da silvicultura

2011 - Ano Internacional das Florestas

Planejando a propriedade rural

Leia +

BLOG paisagem2